• Seg - Sáb

    8AM - 8PM

  • Domingo

    Fechado

Symetria

Setor da Beleza é o novo elo da corrente solidária

A pandemia do coronavírus, que tem provocado mortes e danos severos à economia, também acaba gerando atos de solidariedade em Campinas. Luciene Carneiro, proprietária do Symetria, Assad Agege, gerente do Symetria e Anthony Veronez de Cunha, barbeiro.

A pandemia do coronavírus, que tem provocado mortes e danos severos à economia, também acaba gerando atos de solidariedade em Campinas. A cada dia, se multiplicam na cidade, exemplos de grupos de voluntários e de empresas que trabalham espontaneamente para auxiliar a população mais vulnerável. Ontem, representantes do setor de beleza se uniram e distribuíram 100 cestas básicas a profissionais da área em Campinas, que completaram 100 dias sem trabalhar. (…)

Representantes do setor de beleza distribuíram 100 cestas básicas a profissionais da área em Campinas, que completam 100 dias sem trabalhar. A retomada só deverá ocorrer na fase 3 do Plano São Paulo de flexibilização.

O setor teve suas atividades paralisadas em 23 de março, quando o decreto estadual proibiu a abertura desses estabelecimentos e, desde então, profissionais autônomos tiveram que recorrer ao auxílio emergencial do governo federal e os contratados enfrentam a suspensão de seus contratos e o medo de não ter o emprego de volta.

Várias marcas de cosméticos estão se unindo aos salões para ajudar profissionais que estão impossibilitados de trabalhar e uma dessas ações aconteceu ontem, quando foram distribuídos 100 kits contendo 1 cesta básica, 4 máscaras e 1 frasco de álcool em gel a proprietários de salões, profissionais registrados em regime CLT e a microempreendedores individuais.

A distribuição das 100 cestas, em parceria com a marca de produtos para cabelos Truss, aconteceu no salão de beleza Symetria, que emprega 52 pessoas e está paralisado desde o início da quarentena.

“Além de nossos profissionais ajudarem na distribuição nós vamos fazer 100 pães caseiros para distribuir. O pão é um símbolo de alimentação, de fartura, de prosperidade e nós queremos que os profissionais de beleza recebam pães feitos por profissionais de beleza. ” diz Luciene Carneiro, proprietária do salão.

fonte: https://correio.rac.com.br/_conteudo/2020/06/campinas_e_rmc/955966-setor-da-beleza-e-o-novo-elo-da-corrente-solidaria.html#
Publicado 25/06/2020 – 09h33 – Atualizado 25/06/2020 – 09h33
Por Da Agência Anhanguera

Comentar